Resenha: O Príncipe de Westeros e Outras Historias

Esse livro é uma antologia de contos. Contendo 10 contos, escritos por autores famosos. Que logo mas você saberá quem escreveu cada um dos contos. O livro foi organizado pelo George R.R Martin e Gardner Dozois, e em todos os contos tem algo em comum sempre haverá um personagem canalha.


Livro: O Príncipe de Westeros e Outras Histórias
 ♥   Autor (a): George R. R. Martin & Gardner Dozois  ♥   Editora: Arqueiro  ♥  Páginas: 480   ♥   Ano: 2015    ♥   Tradução: PETÊ RISSATI, TAÍSSA REIS, ANA RESENDE, ERIC NOVELLO, MARINA BOSCATO, DÉBORA ISIDORO, IVAR JR., CAROL CHIOVATTO, ANA DEATH DUARTE 


Sinopse: Um livro fascinante que reúne os melhores contos de grandes nomes da literatura fantástica. Inclui uma nova história de A Guerra dos Tronos, de George R. R. Martin.
Se você é fã de literatura fantástica, irá se deliciar com esta antologia de contos organizada por George R. R. Martin e Gardner Dozois.
Obras inéditas dos melhores autores do gênero irão surpreendê-lo com enredos ardilosos e reviravoltas intrigantes. O próprio George R. R. Martin apresenta uma nova história do apaixonante e violento mundo de A Guerra dos Tronos, introduzindo um dos personagens mais canalhas da história de Westeros.
Acompanhe grandes autores, como Gillian Flynn, Neil Gaiman, Patrick Rothfuss, Scott Lynch e muitos outros, nesta coleção de histórias emocionantes sobre vigaristas, mercenários e ladrões.



Na introdução somos bem recebidos por George R. R. Martin. No livro cada conto nós vamos encontrar malandros, trapaceiros, enganadores e patifes ousados.
... embora, às vezes, a gente sobreviva para se arrepender.Desavergonhados, vigaristas e malandros. Vagabundos, ladrões, trapaceirose crápulas. Meninos e meninas maus. Ludibriadores, sedutores,enganadores, burladores, impostores, fraudadores, falsários, mentirosos,malvados, charlatões... eles têm muitos nomes, aparecem em histórias detodos os tipos, em todo e qualquer gênero, em mitos e lendas... Ah, e tambémem todos os lugares na História. São filhos de Loki, irmãos do Coiote.Às vezes, são heróis. Outras, vilões. Mas costumam ficar num ponto intermediário,personagens numa zona cinzenta...  
Acho que sempre tive uma queda por canalhas. 
O livro reúne contos de gêneros diferentes: fantasia, ficção, romance e suspense. Este é um ótimo livro para quem quer conhecer sobre a escrita de Neil Gaiman, George R.R. Martin, David W.Ball, Paul Cornell, Scott Lynch, Phyllis Eisenstein, Gillian Flynn, Connie Willis, Patrick Rothfuss e Joe R.Lansdale. 

Antes de começar a resenha, eu quero que saibam que eu vou falar apenas dos contos que chamaram a minha atenção, e foram os que eu mais gostei. Pois como são 10 contos, a resenha ficaria muito grande e cansativa para vocês leitores.

O conto "Como o Marquês recuperou seu casaco" foi escrito por Neil Gaiman e conta a história do Marquês que tinha um casaco muito... MARAVILHOSO, que contia muitas utilidades e tirava ele de várias encarrascadas. Além de deixa o Marquês lindo. Não entendi como o Marquês de Carabas "morreu" ou foi contestado como morto, mas ele acaba perdendo o casaco, e entra em uma jornada para encontrar o seu casaco deslumbrante. 

O Próximo conto é "Proveniência" foi escrito por David W. Ball. Nesse conto acompanhamos a passagem do quadro Caravaggio, pelas mãos de Max, que em um belo dia recebe a mensagem de um homem que tem um quadro muito valioso e quer vender-lo. Max um canalha ganancioso que re-vende o quadro para um padre chamado Joe Cooley que coleciona obras de artes.


O Terceiro conto "Qual é a sua profissão?" foi escrito pela Gillian Flynn, e esse conto foi a primeira obra da autora que li 
Esse conto fala de uma profissional do sexo chamada Nerd. Ela está se aposentando da profissão após três anos de trabalho. Mas a sua Chefe Viveca apenas troca a área dela de recepcionista (Que significa Prostituta), para uma médium. 
Em um dia de trabalho  entra em sua sala a senhora Susan Burke, que está relatando que seu enteado está com um comportamento agressivo, sombrio ele está assustador. Ela diz que pode ajudar por um preço de 2.000 dólares por 12 visitas distribuídas por um ano. Mas ela acaba percebendo que o caso da Susan é muito mais sério do que ela esperava, e tanto a casa que está apresentando "sangue escorrendo" pelas paredes, como o enteado dela, precisam de ajuda profissional. E agora como ela vai sair dessa?

O Príncipe de Westeros ou O Irmão do Rei foi escrito por George R.R. Martin. Nesse conto o autor nos leva à turbulenta terra de Westeros, lar de série As crônicas de gelo e fogo, para contar a história do canalha fanfarrão Daemon Targaruen, o príncipe que nunca chegou a ser rei - embora sua ambição de se tornar rei possa fazer eclodir a guerra em todo o mundo. Nessa história eu fiquei um pouco perdida, já que foi a primeira vez que li uma obra de Martin. E eu fiquei de boca aberta no final, foi tipo como assim...não acredito 

O livro tem outros contos, que são bem construídos e envolventes. Mas é claro que nem todos me agradaram. O Conto Um Ano e Um Dia na Velha Theradane foi escrito por Scott Lynch ele escreveu um conto pra quem ama fantasia. Neste conto o cenário construído pelo autor foi em cidade despedaçada por guerras entre magos, e está sob constante ataque de magias mortais que caem dos céus, na qual um grupo desesperado de ladrões e fora da lei deve roubar algo impossível de ser roubado - e estão com pouco tempo para fazê-lo antes de terem que abrir mão de suas vidas.
A escrita dele é envolvente mas é claro que enrolou um pouco. E ele criou nomes incomuns para os personagens. E isso me atrapalhou um pouco (Não o suficiente para me fazer parar a leitura). Também tem o conto A Árvore Reluzente que foi escrito por Patrick Rothfuss, neste conto o autor nos leva até a icônica hospedeira Marco do Percurso para acompanhar um dia típico na vida de um dos personagens mais populares de A crônica do matador do rei, o misterioso Bast, aparentemente um menino de recados, que é muito mais do que parece - um dia no qual Bast aprende muitas lições e ensina outras tantas também.

Eu gostei da leitura pois com ela eu percebi que não adianta os gêneros literários: ficção histórica, romances, thrillers, comédias, chick lit e até horror, sempre haverá uma parcela de patifes ousados,sorrateiros, suspeitos e ladrões. 
Como o próprio Martin disse "todo gênero e subgênero tem seus canalhas e, quase sempre, são os personagens mais celebrados e mais lembrados.", e só agora eu entendi o que ele quis dizer. Obrigado Martin e Gardner, e muito obrigado editora Arqueiro 
Curta a leitura... mas tome muito cuidado. Alguns dos cavalheiros e

encantadoras damas destas páginas não são tão confiáveis assim.

1 comentários

  1. Olá!!
    Eu acho demais contos, mesmo não tendo lido tantos quanto gostaria.
    A capa desse livro é linda demais, fiquei babando!!
    Com certeza muita gente vai se interessar pelo livro já que tem o tio George R.R Martin, haha.
    Adorei a resenha!! Ficou demais <3

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderExcluir