Resenha: Simon vs. A Agenda Homo Sapiens, da Becky Albertalli

por - novembro 20, 2017


Oi oi gente!!
Esse livro foi um dos mais fofos que li na vida, ficou atrás apenas do livro Para Todos os Garotos que Já Amei, da Jenny Han. Com um cenário e diálogos bem parecidos, pois os dois são bem juvenis. Esse é um livro que tem que ser lido com calma e com muito amor. Porque Simon é um personagem que muda seu jeito de ver as coisas... ele quebra os esteriótipos dos livros do gênero. 

Autora: Becky Albertalli
Páginas: 272
Editora: Intrinseca
Ano: 2016
Onde encontrar: Amazon  | Goodreads  | Skoob
Simon tem dezesseis anos e é gay, mas ninguém sabe. Sair ou não do armário é um drama que ele prefere deixar para depois. Tudo muda quando Martin, o bobão da escola, descobre uma troca de e-mails entre Simon e um garoto misterioso que se identifica como Blue e que a cada dia faz o coração de Simon bater mais forte. Martin começa a chantageá-lo, e, se Simon não ceder, seu segredo cairá na boca de todos. Pior: sua relação com Blue poderá chegar ao fim, antes mesmo de começar. Agora, o adolescente avesso a mudanças precisará encontrar uma forma de sair de sua zona de conforto e dar uma chance à felicidade ao lado do menino mais confuso e encantador que ele já conheceu.Uma história que trata com naturalidade e bom humor de questões delicadas, explorando a difícil tarefa que é amadurecer e as mudanças e os dilemas pelos quais todos nós, adolescentes ou não, precisamos enfrentar para nos encontrarmos.



Simon vs. A Agenda Homo Sapien, conta a história de Simon. Um garoto de 16 anos que é gay, mas ainda não assumiu para o público (e também não está com pressa pra fazer isso). Ele tem uma amizade virtual com Blue, que também é gay e por enquanto também não assumiu para a escola. Os dois estudam na mesma escola, mas nunca se conheceram. Blue e Simon sobre tudo o que você imaginar; conversam sobre como descobriram que eram gay, as dificuldades que passaram e como pensam em contar para os pais... falam também sobre coisas fúteis do dia-a-dia.

O livro começa com Simon sendo chantageado por Martin — um garoto que estuda na mesma escola que ele, e que leu todos os e-mails trocados entre ele e Blue. O que Martin realmente quer, é ser incluído na roda de amigos de Simon, que conta com uma das meninas mais bonitas do colégio — Abby.

Simon fica sem saber o que fazer, pois não quer que Blue (o garoto por quem ele está apaixonado e ainda não conheceu) seja descoberto e também não quer saber da companhia de Martin na escola. Mas, ele acaba aceitando ajudar Martin, enquanto ele mesmo não descobre a verdadeira identidade de Blue e mantém a sua amizade intacta.
Provavelmente, nunca vou ter um namorado. Estou ocupado demais tentando não me apaixonar por alguém que não é real.
Todo o livro vai se desenvolver através de diálogos entre Blue e Simon ou Simon e seus amigos. Vamos acompanhar o desenvolvimento e amadurecimento de Simon. 
A parte triste é que não posso contar muita coisa para vocês, porque vai estragar a surpresa que a história nos apresenta no final. E que na minha opinião não poderia ser diferente.

Toda a história foi narrada pelo ponto de vista de Simon — o que deixou a leitura mais envolvente e instigante. Na minha opinião esse é um livro muito completo, pois ele aborda o tempo todo as relações familiares, entre pais e filhos adolescentes que estão com dificuldades para revelar o que estão sentindo e que passam pelo que Simon. 


Becky não vai ficar batendo apenas nessa tecla, vamos acompanhar várias histórias dos personagens que estão em volta de Simon... o que deixou a leitura bem descontraída e envolvente.
É que às vezes parece que todo mundo sabe quem eu sou, menos eu.

Fala também sobre romance, preconceito e bullying, o que já tornou a leitura na minha opinião maravilhosa, porque tudo isso se trata de assuntos delicados e que precisam ser desenvolvidos com mais delicadeza em determinadas obras. 

A autora soube manusear tudo com muita maestria, e isso é algo que todos deveriam dar valor. O livro é extremamente lindo... dei muitas risadas lendo os diálogos de Simon, Blue e seus amigos. 

Sei que falei demais nessa resenha, mas Simon vs. A Agenda Homo Sapiens é uma história tão delicada e linda sobre amizade, família e o romance. Que ficou na lista de livro mais doce que eu já.

Espero que tenham gostado, pois recomendo a todos que estão procurando uma leitura leve e fofa... e que a história seja LGBT, claro!?

Beijoss, e até a próxima..

PODE SER QUE VOCÊ TAMBÉM GOSTE:

3 comentários

  1. Oie, tudo bem?
    Eu quero muitoo ler esse livro, mas ainda não tive a oportunidade!!
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  2. Oi Alice =)

    Vi esse livro nas redes sociais e em alguns blogs, mas ainda não tinha lido nenhuma resenha dele. Achei a premissa interessante e se tiver vou dar uma chance.

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  3. Oi Alice, tudo bem? Nossa, a capa engana, né? Não esperava algo fofo, mas super curti a trama pelo o que vc conta e tem temas bem bacanas abordados! Colocando na lista de leitura já....

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir