Resenha: Big Rock, da Lauren Blakely

por - dezembro 07, 2017

Foto: Dayukie

Oi oi gente!
A resenha de hoje é de um dos livros que mais amei ter lido no ano. Um New Adult que vale a pena ser indicado a todos. Esse livro pode até ser comparado com tantos outros NA, mas na minha opinião esse é o melhor livro que foi contado todo pelo ponto de vista masculino.

Autora: Lauren Blakely
Editora: Faro Editorial
Páginas: 224
Ano: 2017
Onde encontrar: Amazon  |  Skoob 
A maioria dos homens não entendem as mulheres Spencer Holiday sabe disso. E ele também sabe do que as mulheres gostam. E não pense você que se trata só de mais um playboy conquistador. Tá, ok, ele é um playboy conquistador, mas ele não sacaneia as mulheres, apenas dá aquilo que elas querem, sem mentiras, sem criar falsas expectativas. “A vida é assim, sempre como uma troca, certo?” Quer dizer, a vida ERA assim. Agora que seu pai está envolvido na venda multimilionária dos negócios da família, ele tem de mudar. Spencer precisa largar sua vida de playboy e mulherengo e parecer um empresário de sucesso, recatado, de boa família, sem um passado – ou um presente - comprometedor... pelo menos durante esse processo.Tentando agradar o futuro comprador da rede de joalherias da família, o antiquado sr. Offerman, ele fala demais e acaba se envolvendo numa confusão. E agora a sua sócia terá que fingir ser sua noiva, até que esse contrato seja assinado. O problema é que ele nunca olhou para Charlotte dessa maneira – e talvez por isso eles sejam os melhores amigos e sócios. Nunca tinha olhado... até agora.
O livro conta a história de Spencer Holiday — Playboy, bonito e bem sucedido. Um cara que tem uma vida perfeita, e não deseja mudar nada... até o seu pai conhecer o comprador dos sonhos e ele ter que criar uma mentira que vai mudar a sua vida. Spencer também é famoso por ser o criador de um aplicativo de "relacionamentos", e por "sair" com famosas (entendam como quiser).

A Katherine’s é uma joalheria de grande sucesso, criada pelo pai de Spencer. Que depois de anos trabalhando, finalmente ele está pronto para vender ela e viajar com a sua esposa. Quando o Sr.Holiday conhece o comprador que vai zelar pela sua loja, mas o comprador é um Senhor que presa pela família e muito conservador.

O fato é que eu não quero abrir mão do que temos. Com Charlotte eu posso ser simplesmente eu mesmo, e não tenho isso com mais ninguém.
Charlotte e Spencer são amigos desde a faculdade e juntos são donos do bar The Lucky Spot. Como eu havia citado lá em cima, o nosso querido Spencer cria uma mentira para o comprador do seu pai dizendo que está noivo de Charlotte, porque recentemente ele ficou conhecido como o Playboy mais cobiçado de NY (ou algo parecido, porque eu esqueci, enquanto escrevia esta resenha).

Charlotte é independente, bem-sucedida e muito bonita. Spencer sabe que ela é tudo isso e ainda mais. Mas ele não quer estragar a sua amizade de anos com a única pessoa que ele pode ser ele mesmo. Ela é aquela personagem que poderia ter sido mais descrita, mas a autora quis focar apenas na história atual e nada de relatos de como eles se conheceram e tudo mais.


Meu coração está falando uma língua que eu não compreendo, enquanto tenta me arrastar para Charlotte. Era só o que faltava. Agora em vez de lutar contra um órgão todo santo dia, vou ter de lutar contra dois.

A escrita de Lauren é muito envolvente e cativante. Ela conseguiu nos prender do inicio ao fim, apenas com o ponto de vista do Spencer. E isso realmente foi muito interessante, porque atualmente é difícil de encontrar autora que façam isso sem estragar o personagem. Os personagens secundários são ótimos para o desenvolvimento da história do protagonista. 

A minha leitura foi através do kindle, porém, eu já tinha visto fotos do livro em alguns blogs, e isso foi muito bom, porque mesmo ele sendo lindo, não perdi nada de interessante. Já que a capa, espaçamento e cor das páginas são comuns e confortáveis como as outras.

Esse livro eu recomendo APENAS para quem gosta de New Adults, já que logo no inicio somos apresentados a descrição do membro do personagem e como ele tem um ego imenso por causa disso...aff

Espero que tenham gostado, porque esse livro foi um dos livros que me surpreenderam esse ano. E o final foi lindo, bem clichê... mas gostei!

Beijoss, e até a próxima!

PODE SER QUE VOCÊ TAMBÉM GOSTE:

6 Comments

  1. Esse é um dos NA que eu mais quero ler em 2017. Vi tanta gente falando bem e fiquei interessada e ansiosa demaaais haha

    Beijoss
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
  2. Oi, Alice!
    Ainda vou ler esse livro, mas infelizmente não vai ser esse ano :( E quem que não gosta de um clichê, hein?
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do Natal Literário e ganhe prêmios maravilhosos

    ResponderExcluir
  3. Lice esse livro me chamou muito a atenção. Ja quero lerrrr socorro hahahahah beijo

    ResponderExcluir
  4. Oi, Alice!
    Eu estou doidinha para ler esse livro <3
    Amo NA que são contados pela visão masculina e quero muito achar um que seja melhor que Atraído, porque eu amo esse livro e isso vai significar que o outro é sensacional demais hahaha
    Espero ler esse em breve!
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  5. Oi tudo bem? <3

    Menina do céu eu to doidinha para ler esse livro, todo mundo vem falando muito bem!

    Beijos,

    www.leitorunicornio.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Eu tô suuuper afim de ler!
    Tenho a sensação que vou gostar muito dos personagens e da trama, sou clichê, sou romantica! hahaha bomdimais!!

    osenhordoslivrosblog.wordpress.com

    ResponderExcluir