Resenha: Não Pare!, da FML Pepper

por - fevereiro 21, 2018


Oi oi gente!!

Um dos livros que me surpreenderam no ano de 2017 foi o livro Não Pare!, da FML Pepper. Esse é o primeiro livro da trilogia Não Pare!, da autora FML Pepper, publicado pela editora Valentina e um grande sucesso de vendas tanto na versão digital quanto na física.


Autora: FML Pepper
Série: Não Pare!
Editora: Valentina
Páginas: 280
Ano: 2015
Onde encontrar: Skoob Amazon  | Goodreads
Nina Scott não suportava mais a vida nômade e solitária que sua mãe, Stela, a obrigava a ter. Mudar de cidade ou de país a cada piscar de olhos, conviver com tantas perguntas que a consumiam, assombrada por mistérios de um passado guardado a sete chaves. Agora, aos 16 anos, a garota das estranhas pupilas verticais exigia respostas. E, para sua péssima sorte, elas já estavam a caminho! Quando Stela decide ficar em Nova York, Nina acredita que seu sonho de ter uma vida normal vai se tornar realidade. Finalmente terminará o ano letivo em um mesmo colégio, poderá fazer amigos sem ter que abandoná-los em seguida, viver um grande amor, amadurecer, criar raízes... Enfim, curtir a juventude.Mas o “normal” está muito longe da vida de Nina!Perdida no olho de um furacão de mortes e inexplicáveis acidentes, tendo que esconder os terríveis fatos da mãe paranoica, Nina começa a desconfiar da própria sanidade mental, de tudo e de todos. O que explicaria os paralisantes calafrios, a perda de visão e de memória que experimentava sempre que alguém morria ao seu redor? O que ela teria a ver com os bizarros e sobrenaturais acontecimentos? Estariam eles interligados?Seria a Morte sua companheira para toda a vida?É chegada a hora da verdade.
Nina Scott é uma jovem de 16 anos, que nunca morou mais que 3 anos em uma mesma cidade e que é muito azarada, ou pelo menos era o que achava a nossa garota de pupilas diferentes. Ela nunca teve uma vida normal, o normal que ela quer dizer é ir para o colégio e fazer amizades e trabalhar durante o verão (férias escolares). Mas como ela e Stela (sua mãe) sempre ficavam de cidade em cidade, por causa do trabalho de Stela que era sobre um projeto muito importante sobre lentes de contato...

Bom, com essa frequente mudança a única coisa que nunca mudou foi os acidentes que aconteceram ao redor de Nina. No início ela pensou que eram acontecimentos comuns, mas com o passar do tempo ela percebeu que escapara diversas vezes da morte. Ou era o que pensava, até chegar em Nova York. 
Quando Stela disse a Nina que não iriam mais se mudar, e finalmente iriam morar em apenas um lugar, Nina pensou que poderia ser mentira já que com a chegada dos 16 anos os perigos e acidentes ficaram mais frequentes e letais. 
Pela primeira vez em minha vida, daria pra fazer planos para o dia seguinte, começar algo e não ter que abandonar logo em seguida.
Quando Nina foi para o colégio e finalmente percebeu que iria fazer amigos e poderia arranjar um emprego, pensou que era mentira e que em breve poderia passar. Porém, quando ela finalmente fez uma amiga — Melly, e conheceu dois garotos no primeiro dia de aula um misterioso chamado Richard e outro super fofo chamado John. 

Richard foi um personagem que me fez oscilar ente amor e ódio, mas também foi o que mais me surpreendeu. Já John foi aquele personagem que me enganou direitinho do início ao fim. 
Nina sempre quis criar raiz em algum lugar. E depois de conhecer Melly, ela quis procurar a outra coisa que mais queria trabalhar nas horas vagas da colégio. Ela conseguiu um em uma livraria da cidade, e é lá também onde acontece a coisa mais assustadora da vida dela. 
Os poucos amigos que fiz se perderam no caminho, ficaram para trás. Amizade exige presença, e eu não ficava muito tempo em lugar algum.
Depois de um tempo, Nina já estava se acostumando a não ter respostas de sua vida. Após os incidentes que começar a cercar ela ainda mais, ela descobre que ela não é a única a ter pupilas verticais e se sentir em perigo constante.  

Dentro de mim algo sinalizava que havia chegado o momento. Os acidentes anteriores me alertaram, mas não conseguiram me preparar para este terrível momento: minha morte.


Quando Nina começa a entender o que está acontecendo, ela começa a se fazer perguntas do porque tudo aquilo. O porque de ser diferente e não poder viver como toda garota da sua idade, e o porque da sua mãe nunca falar do pai dela para ela. Porque tantos segredos? 
No final o único jeito dela ter suas respostas é indo ao encontro de sua morte.
Tão extraordinária e simples como uma vida que se inicia, Richard era o desfecho surpreendente, o término de uma jornada inexplicável.

Não Pare! é a melhor obra de fantasia que já li, cativante e muito envolvente. Os capítulos são pequenos, e em cada página temos detalhes que nos remetem as características dos personagens. A autora soube inserir alguns plot-twist o que deu um gás na leitura, e não deixou cansativa. Uma das coisas que mais amei no livro, foi os ganchos que a Pepper deixou no final de cada capítulo, esses ganchos deixa o leitor curioso para ler um pouco mais.
Eu havia perdido tudo de mais importante em minha vida, inclusive a paz e a esperança. Tanto fazia agora viver ou morrer. A morte, por sinal, me parecia até interessante.
Com uma capa de arrancar suspiros, nos temos a "Nina" nessa primeiro livro. A diagramação está ótima e as folhas são amareladas, o que não prejudicou em nada durante a leitura.


Os personagens foram muito bem construídos e também muito bem desenvolvidos. Os cenários também foram muito bem descrita e detalhada, o que me ajudou muito na hora de saber onde estavam e como chegaram até ali. 


Abandonada, naquele momento me deparei com o nada no sentido mais amplo da palavra. Não havia nada. Nem ao meu redor, nem na minha vida. Presenteada com um passado de mentiras e um presente de amarguras. Furtada de um futuro com esperança. Se morresse ali, ninguém daria por minha falta. Uma perfeita indigente.


Não Pare!, tem uma narração em primeira pessoa pelo ponto de vista da Nina, o que ajudou na hora de saber os sentimentos da protagonista que a cada momento sofria um pouco mais com tudo que estava acontecendo.
O livro tem 280 páginas, e tem uma ambientação muito distinta, algo que você só vai entender se ler a obra. A autora bem ousada nos detalhes, e não deixou nenhuma ponta solta no final, apenas o gancho que vai nos fazer querer ler a continuação.
Os minutos seguintes pareciam horas, e as horas, dias. A espera de algo ruim é realmente dolorida, lenta.

Eu super recomendo esse livro para quem gosta de suspense e um belo romance. A FML Pepper virou a mais nova queridinha nacional, e tenho certeza que você vai adorar conhecer a sua escrita e como ela faz para nos envolver nessa trama. Eu sei que não contei nem metade do que vocês tanto querem, mas quero que saiba que um minimo detalhe pode estragar a surpresa que a autora preparou para os leitores. 

Richard era um fio de alta tensão desencapado e me eletrocutava de prazer.
Espero que tenham gostado da resenha.
Beijoss, e até a próxima!

PODE SER QUE VOCÊ TAMBÉM GOSTE:

4 Comments

  1. Saudações Lady Alice,
    Acredita que por mais que eu tenha passado pela obra e pela autora em alguns eventos, o livro nunca me chamou atenção? Pode ser que tenha uma dose extra de algum preconceito adquirido só deus sabe onde hahahahah
    Pode ser que eu consiga ler um dia, mas não sei quando com a lista cada vez maior de leituras. De qualquer forma, sua resenha me ajudou bastante a ver melhor a obra.

    Venha visitar o Castelo!

    Att.
    A Rainha ♛ The Queen's Castle
    Como fazer funcionar?

    ResponderExcluir
  2. Oi, Alice!
    Eu me apaixonei perdidamente pela FML Pepper nessa trilogia <3
    Richard é um bad boy que me enganou em vários momentos e que deixa aquela tensão no ar em que eu ficava BEIJA LOGO VOCÊS DOIS PELO AMOR DE DEUS hahahaha foi difícil aguentar os dois se odiando e sentindo atração.
    Espero que você possa ler os outros dois e que goste também!
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  3. Oi, Alice!
    Menina, eu li esse livro tem muito tempo e lembro pouco da história. Só sei que gostei muito na época.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da Folia Literária 2018: cinco kits, cinco sortudos.

    ResponderExcluir
  4. Nunca li nada da autora, mas sou louca pra ler essa trilogia! Vou dar uma chance esse ano de certeza e sua resenha me fez querer pular alguns livros e ir direto pra esse hahahha

    Espero gostar também <3

    Beijoss
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir