Resenha: Vacas - Nem toda mulher quer ser princesa, de Dawn O'Porter

por - março 07, 2018

Foto: books, cofe, tea


Mulheres não precisam se encaixar em estereótipos.
Vacas não precisam seguir o rebanho.

Oi gente!! 

Hoje vim falar do Terceiro livro do projeto que participo no instagram: #UmAnoMagico o livro do mês 1 tem resenha aqui! Mas o do mês 2 atrasei rsrs! Pulei pro mês 3 e aqui estou eu enaltecendo esse livro maravilhoso tudo de bom que todo mundo que respira na terra precisa ler: Vacas - NEM TODA MULHER PRECISA SER PRINCESA. É real, ninguém precisa seguir a cabeça de ninguém. As mulheres são livres, mesmo sendo julgada pela sociedade. Não vamos nos reprimir de jeito nenhum. E como eu sou a favor disso, Girl Power, amei a leitura.


O livro fala sobre 3 mulheres totalmente diferentes. 
A Tara; mãe solteira trabalha com produções de vídeos e é invejada e humilhada no trabalho por ser mulher. A Cam; (a minha favorita) total feminista e super famosa por ter um blog que fala tudo que as mulheres normais são, e o quanto sofrem. A stella, que tem uma irmã gêmea morta e sua mae morta com a mesma doença: o cancêr. É muito triste ler relatos dela, de como ela é infeliz e de como sente falta da irmã.


Autor(a): Dawn O' Porter
Editora: Haper Colins
Páginas: 336
Onde encontrar: Saraiva
Um pedaço de carne; feito para reproduzir; além da sua data de vencimento; parte do rebanho. Mulheres não têm que se encaixar em estereótipos. Tara, Cam e Stella são estranhas vivendo suas próprias vidas da melhor forma que podem, apesar de poder ser difícil gostar do que você vê no espelho quando a sociedade grita que você devia viver de um jeito específico. Quando um evento extraordinário cria laços invisíveis de amizade entre elas, a catástrofe de uma mulher vira a inspiração de outra, e uma lição para todas. Às vezes não tem problema não seguir o rebanho. Vacas é um livro poderoso sobre três mulheres julgando uma à outra, mas também a si mesmas. Entre todo o barulho da vida moderna, elas precisam encontrar suas próprias vozes.

O livro é com apenas 16 capítulos, longos mas é intercalando, cada mulher fala da sua vida. A annie filha da Tara nunca conheceu seu pai. Tara, mãe solteira nunca contou pro cara que saiu uma noite que ele seria pai. E ele ainda deixou pra ela uma DST. Ela se vê velha e sozinha pro resto da vida. 


Ser mãe solteira é estranho. Não só porque todo mundo que você conhece te julga ou se compadece de você, mas porque é preciso pensar em muito mais coisas quando se começa a gostar de alguém. Se chama senso de responsabilidade, acho. Não posso levar aquele amigo com quem eu transo casualmente para casa, para conhecer minha filha. Isso seria confuso para ela, então geralmente não tenho esse tipo de relacionamento.

A Cam só tem voz na internet. Na vida real ela é tímida e seus pais não aceitam muito o que ela faz. Ela é bem resolvida com sigo mesma. Mas não quer um relacionamento. E o Mark, um cara bem mais novo que ela, a ama.


Porque quando você domina a arte de desfrutar da própria companhia, a felicidade vem.

Stella tem um relacionamento com Phil, não considero abusivo. Mas ele nega ter relação sexual com Ela, e o sonho dela é um filho. Ela se sente só e tem medo que o câncer chegue na sua porta.


Estar sozinha não quer dizer que sou solitária

 Ela é assistente pessoal do Jason. Ele está na historia sim!!! Ele por um acaso do destino conhece a Tara... e  depois desse encontro a vida de tara muda. Acontece uma situação super chata pra ela no metrô. E ela tem muita repercussão na internet. E com isso a história mais se desenrolando... Eu queria muito dar spoiler. Se quiser eu dou!!!!!!
Cam não quer ter filhos, por opção e quando ela fala isso no blog ela é muito julgada. Mas o destino... ninguém sabe o dia de amanhã. 


O feminismo não trata basicamente da questão da escolha? Como olhar para os últimos quinhentos anos, para o fato das mulheres estarem sempre em segundo plano porque tinham que carregar os filhos, e não concordar que essa é uma razão perfeitamente razoável para não engravidar?

Esse livro trás uma mensagem linda.


Não se esconda, mantenha a cabeça erguida e abra bem os olhos abertos para enxergar um jeito de fazer isso funcionar para você.


Falar o que você sente pode mudar as coisas.

Não seja uma maria vai com as outras...



 A capa é bem diferente e chama atenção de quem ver. Eu não conhecia a autora e esse projeto tá sendo mágico pra mim!

 Sobre o final do livro. Gente é um tiro atrás do outro, embora eu ache que o final de uma das personagens muito cruel. (Rs. N vou superar nunca) o livro é bem construído, abordando diversos temas que está composto na atualidade sim. Eu mastigue cada palavra e vou levar esse livro pro resto da vida. Favoritei sim e vale ser lido e ser considerado leitura obrigatória pra esses machistas da vida. Hahaha um beijo.

Raissa.

PODE SER QUE VOCÊ TAMBÉM GOSTE:

3 Comments

  1. Oi, Raissa!
    Eu já tinha visto a capa desse livro e o nome, mas não tinha procurado para saber do que se trata! Parece ser uma trama bem legal e profunda. Pelo jeito uma das mulheres tem um final triste e não sei se estou pronta para isso haha
    Apesar disso, vou deixar na minha lista!
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A trama dele é muito boa sim. Espero que dê uma chance a ele. S2

      Excluir
  2. Oi Raissa

    Nossaaa, agora fiquei louca pra ler esse livro!
    Vou procurar!

    Bjooooooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir