Resenha: Uma Proposta e Nada Mais, da Mary Balogh [BEDA 21]

por - abril 21, 2018

Oi oi gente!!

Uma proposta e Nada Mais é o primeiro livro da série Clube dos Sobreviventes, da autora Mary Balogh. A série está sendo lançada pela editora Arqueiro e vai contar com 7 livros, até o momento já tem algumas capas reveladas pela editora no site. Cada livro vai contar a história de seis homens e uma mulher, e cada um deles tem a sua cicatriz da guerra.



Autor: Mary Balogh
Titulo Original: THE PROPOSAL 
Páginas: 272
Editora: Arqueiro
Ano: 2018
Onde encontrar: Skoob  |  Amazon
Após ter tido sua cota de sofrimentos na vida, a jovem viúva Gwendoline, lady Muir, estava mais que satisfeita com sua rotina tranquila, e sempre resistiu a se casar novamente. Agora, porém, passou a se sentir solitária e inquieta, e considera a ideia de arranjar um marido calmo, refinado e que não espere muito dela.
Ao conhecer Hugo Emes, o lorde Trentham, logo vê que ele não é nada disso. Grosseirão e carrancudo, Hugo é um cavalheiro apenas no nome: ganhou seu título em reconhecimento a feitos na guerra. Após a morte do pai, um rico negociante, ele se vê responsável pelo bem-estar da madrasta e da meia-irmã, e decide arranjar uma esposa para tornar essa nova fase menos penosa.
Hugo a princípio não quer cortejar Gwen, pois a julga uma típica aristocrata mimada. Mas logo se torna incapaz de resistir a seu jeito inocente e sincero, sua risada contagiante, seu rosto adorável. Ela, por sua vez, começa a experimentar com ele sensações que jamais imaginava sentir novamente. E a cada beijo e cada carícia, Hugo a conquista mais – com seu desejo, seu amor e a promessa de fazê-la feliz para sempre.

Hugo Emes é um ex-oficial e lutou na Guerra Napoleônica. Após anos lutando/servindo, ele ganhou o titulo de Lorde Trentham, porém, com o titulo também veio algumas responsabilidades. Ele voltou da guerra com o peso das mortes de seus amigos, e mesmo com o passar do tempo, ele ainda não se recuperou totalmente.
Quando o seu pai falece, Hugo fica com a tutela da sua meia-irmã e também fica responsável pelos bens que herdou. Ele decidiu que precisa encontrar uma esposa, mas não está com pressa. Mas logo você percebe que o problema de Hugo é porque os anos transformaram ele em um cara ranzinza e carrancudo, e ele não se da muito bem com o centro das atenções.

Lady Gwendoline também conhecida como Lady Muir, é uma jovem viúva. Que após a perda do marido, ela acabou ficando muito sozinha. Ela não teve nenhum filho pois o seu relacionamento com o marido era um pouco conturbado, por assim dizer E quando ele morreu, Gwen ficou com um problema no tornozelo, o que dificulta a sua forma de andar.
E mesmo com o passar dos anos, Lady Muir não tem mais esperanças de apaixonar...

Bom, o caminho de Hugo e Gwen se cruzam de uma forma um pouco inesperada. Ela sofre um "acidente", e lorde Trentham esta passando bem no momento e a ajuda. Porém, quando os dois se encontram, sai sarcasmo e farpas pra tudo que é lado.

Ele é alto e mal encarado, porém ele é bem carrancudo e grosso. E ela é uma jovem que traz luz ao ambiente, com sua risada e beleza delicada. Os dois são um casal bem clichê se você for prestar atenção a penas a sinopse. Mas na verdade o livro aborda vários temas fortes com casal e principalmente com os personagens secundários, que claramente superar seus traumas com a ajuda dos outros. 

Não demora muito para os dois se envolverem de uma forma arrebatadora e extremante fofa. 
Clube dos Sobreviventes vai contar a história de seis homens e uma mulher, que tentam se unir para encontrar forças e também rever os amigos, após a Guerra Napoleônica. Nesse primeiro livro, não vamos encontrar um amor a primeira vista, uma mocinha dramática e nem mesmo um cavalheiro cafajeste. Vamos acompanhar um romance leve e descontraído, de duas pessoas que mesmo além de tudo que passaram, tentam encontrar o amor (mesmo que por acidente).

Sofremos neste lugar. Nós nos curamos neste lugar. Desnudamos nossas almas uns para os outros. [...] Uma vez por ano, porém, voltamos para recuperar nossa integridade ou para nos fortalecermos com a ilusão de que estamos inteiros.

Eu realmente queria falar mais sobre a história, mas como todo romance de época, você tem que falar pouco e se expressar mais. A autora ousou nos detalhes de vida de cada personagem do livro. E nos fez rir e chorar, em vários momentos durante a leitura.

Com uma narração em primeira pessoa, vamos acompanhar um pouco sobre O Clube dos Sobreviventes e sobre a vida de cada personagem. Com cenários lindos e personagens marcantes. 
A Mary Balogh fez uma obra prima, digna de elogios. Essa foi o meu primeiro contado com a autora, e fiquei apaixonada com a sua escrita e espero ler mais livros da mesma em breve.

Uma Proposta e nada mais é um livro profundo e intenso, com romance e melancolia na medida certa, que acabou deixando a leitura fluída. Com um escrita descontraída e temas bem delicados, Mary Balogh fez o que muitas autoras não conseguem fazer, que é envolve os leitores em uma romance que para muitos parece clichê, mas que pode acontecer no dia-a-dia de cada um... o destino.  

Espero que tenham gostado da resenha. E se quiserem indicar outros livros da autora, comentem aqui em baixo. Que eu vou adorar ler sua opinião e responder.

Beijoss, e até a próxima!!

PODE SER QUE VOCÊ TAMBÉM GOSTE:

1 Comments

  1. Olá,tudo bom?
    Adorei a sua resenha, e fiquei mais curiosa em ler esse livro, ainda mais que ele chegou na minha estante no mês de abril. Da autora só li no momento o primeiro livro da autora da outra série "ligeiramente casados', mas tenho que ler o segundo que tenho aqui e comprar os demais livros da série. Gostei bastante da escrita da autora e espero gostar desta série que está começando também.

    Att, Aline.
    Entrelinhas

    ResponderExcluir