Resenha: Cidades de Papel

by - agosto 08, 2016


Título: Cidades de Papel  ♥  Autor (a): John Green    Páginas: 368  ♥  Editora: Intrínseca
Sinopse: Em Cidades de papel, Quentin Jacobsen nutre uma paixão platônica pela vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman desde a infância. Naquela época eles brincavam juntos e andavam de bicicleta pelo bairro, mas hoje ela é uma garota linda e popular na escola e ele é só mais um dos nerds de sua turma.Certa noite, Margo invade a vida de Quentin pela janela de seu quarto, com a cara pintada e vestida de ninja, convocando-o a fazer parte de um engenhoso plano de vingança. E ele, é claro, aceita. Assim que a noite de aventuras acaba e um novo dia se inicia, Q vai para a escola, esperançoso de que tudo mude depois daquela madrugada e ela decida se aproximar dele. No entanto, ela não aparece naquele dia, nem no outro, nem no seguinte.Quando descobre que o paradeiro dela é agora um mistério, Quentin logo encontra pistas deixadas por ela e começa a segui-las. Impelido em direção a um caminho tortuoso, quanto mais Q se aproxima de Margo, mais se distancia da imagem da garota que ele pensava que conhecia.

Quentin Jacobsen nutre um amor platônico (Amor platônico também pode ser um amor impossíveldifícil ou que não é correspondido.) por Margo Roth Spiegelman, que além de vizinhos e estudarem na mesma escola, já foram amigos quando crianças. 
Mas isso foi antes de encontrarem um homem morto no parque, antes de crescerem e deixarem de ser amigos, antes de... Antes de Margo virá Margo Roth Spiegelman a garota mais popular da escola.

Quentin é um jovem que está no seu último ano da escola preste a se forma. Q não é mas amigo de Margo, ele virou amigo do Ben e do Radar. Que são aqueles amigos que você pode contar pra tudo.

Em uma certa noite Margo entra pela janela do quarto de Q toda vestida de "ninja" e pedi as chaves do carro dele (Que na verdade é da mãe dele, mas isso não vem ao caso agora), ela diz que tem 9 coisas para fazer naquela noite e precisa de um carro para realizar cada uma delas. Quentin como bom "vizinho" acaba indo com ela para servir como motorista e cumplicie.

Após se aventurar pela cidade com Margo, Quentin pensa que no dia seguinte será diferente, já que ele e Margo tiveram a maior aventura da vida deles na noite passada.
Na escola Quentin percebi que Margo não apareceu, mas como é da Margo que estamos falando, ele pensou ela deveria está fazendo alguma loucura por aí. Mas assim que chega da escola ele descobre que a família Spiegelman está procurando por Margo. 

No passar dos dias Q fica pensando se Margo vai voltar, já que essa não foi a primeira vez que ela fugiu, nas outras vezes ela voltou. Mas será que ela vai voltar?.

Ele descobre que Margo tem o habito de deixar pistas do seu destino.E à partir destas pistas deixada por Margo que Quentin entra em uma grande aventura com os amigos Radar, Ben, Lancey e Angela. Encontrar Margo Roth Spiegelman.
Essas são as palavras de uma garota de papel, que vive em uma casa de papel, em uma cidade de papel e vive a sua vida de papel.
A narrativa é leve e a história é cercada de mistérios. O enredo é bem engraçado (eu rir bastante com os amigos do Q. Quando iniciei a leitura fiquei admirada com a Margo, e como a aventura mudou Q, mas depois do desaparecimento da própria a história ficou arrastada, e ficou entediante. O autor volta a caprichar na escrita e envolve o leitor novamente, assim que Quentin descobre onde Margo pode está de fato.

O livro é bem completo, ele aborda o tempo todos as relações familiares, principalmente entre os pais e seus filhos adolescentes. 

Então é isso pessoal, espero que gostem e me falem dos outros livros do John que vocês leram! E, se ainda tinha dúvidas se devia ler ou não a obra, começa a ler logo, porque você vai amar ♥

PODE SER QUE VOCÊ TAMBÉM GOSTE:

40 comentários

  1. Olá
    Adorei sua resenha e as fotos também. Eu também já li e gostei, apesar de não ser nem um tipo de favorito ou leitura inesquecível. Acho as mensagens interessantes, e a narrativa é mesmo muito leve. A leitura pode ser feita facilmente em apenas um dia né <3
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Alice, tudo bem ?
    John Green é delicado para mim, não consigo gostar muito das obras dele. Acho que Cidades de Papel é o melhor de todos que li, não gosto e tenho todos os livros rsrsrs, vai entender ?!
    Quem nunca teve um amor platônico né ?! E acho q isso cria uma conexão com o Quentin. Já a Margo, acho ela intensa e insana demais. De qualquer forma, ele conseguiu unir isso de forma leve e rápida de ler.
    Gostei das suas fotos.
    Beijos.
    www.estilogisele.com.br

    ResponderExcluir
  3. Li alguns livros do John e gostei muito. Cidades de Papel foi um dos que eu mais gostei, acho que pelo final não ter sido aquele "felizes para sempre" pro casal principal, que nesse caso não eram casal hahaha.

    Adorei a resenha!

    Beijos,
    Indica Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bru,
      Também gostei de Cidades de Papel, e achei que o final foi bom pois o Quentin viveu uma aventura que ele nunca imaginária.

      Excluir
  4. Tenho este livro na estante desde o lançamento, mas não li. Acabei assistindo o filme antes e perdi o interesse na leitura porque achei o filme bem superficial. Em contrapartida, amo A Culpa é das Estrelas e O teorema Katherine. São excelentes!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Oi Alice, eu gostei bastante de Cidades de Papel, morri de rir na hora da vaca hahaha já li Quem é Você, Alasca, Teorema Katherine e a Culpa é das Estrelas, que é o meu favorito do John <3

    Adorei a resenha, realmente a história fica muito mais emocionante quando o Q descobre onde a Margo está. Adorei o filme também dei boas risadas.

    Beijinhos.


    www.besidethebooks.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi,
      Também ri bastante na hora da vaca, acho que uma das partes que mais ri. Eu tenho Quem é você, Alaska? Edição comemorativa, mas vou deixar para resenhar depois.

      Excluir
  7. eu vi primeiro o filme e não gostei mt do final kkk' me falaram q o final do livro é como no filme, então não quis ler, mas amei sua resenha, vc escreve mt bem, e as fotos estão lindas, parabéns!
    www.byanak.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana,
      O livro segue um ritmo bom no início, mas não é grande coisa já que você já viu o filme.
      E muito obrigada ❤

      Excluir
  8. olá Alice,
    Achei o livro bem completo mesmo abordando temas interessantes, mas a Margo foi uma personagem que não desceu, sabe? Ela ficou entalada na minha garganta e não consegui digeri-la. Apesar disso, é inegável a qualidade da obra.
    Parabéns pela resenha, está incrível e as fotos também estão!
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  9. Eu nunca tive curiosidade para ler esse livro mas quando o filme passou no telecine eu parei para assistir e me decepcionei, ainda bem que não parei para ler o livro. Achei a história muito fraquinha e o final é chato demais. Provavelmente no livro tenham mais emoções e tal mas mesmo assim eu acho que não gostaria do livro também.

    ResponderExcluir
  10. Oie.
    Adoro esse livro, meu preferido do John Green, e curti também o filme, mas o livro está melhor. Mas não sou fã dele exatamente, é uma boa leitura, mas eu não releria.
    Bjokas

    ResponderExcluir
  11. Olá, Alice...
    Queria tanto ter gostado mais desse livro, mas de todos os livros do John esse foi o que menos não gostei, a primeira parte é a melhor, mas depois da vingança achei que a leitura ficou arrastada.
    Preciso dizer que amei as fotos, parabéns.
    Beijo

    Te Conto Poesia ♥

    ResponderExcluir
  12. Já ouvi falar que cidade de papel e o melhor da edição.
    Eu particularmente queria ler tudo desse autor.
    Parece ser todos otimos.
    Bjos

    ResponderExcluir
  13. Olá,

    Sempre gostei muito das obras do autor, mas confesso que essa, de todas é a que menos apreciei. Não gostei tanto do desfecho, que não conseguiu impactar e nem me deixar satisfeita. Ainda assim, o decorrer do livro manteve um ritmo bom e gostei muito da construção dos personagens.

    Abraços
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bem? Vejo tantas pessoas falando mal desse livro que me dá até dó... Li ele no ano passado, se eu não me engano, e foi um dos melhores livros que li na vida. Amo tudo que tem nele!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  15. Oi, Alice

    Eu li apenas ACEDE do autor e não gostei. Tentei ler QEVA, mas não funcionou, definitivamente, eu e a escrita do autor não nos demos bem.
    Acho-a extremamente juvenil, por isso talvez eu não me identifique mais.
    Por isso não tenho interesse em ler CDP!

    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Eu li Teorema Katherine de John Green e me decepcionei tanto que não sei se leria outra obra dele.

    www.donadegato.com
    Beijos!

    ResponderExcluir
  17. oie, eu só li a culpa é das estrelas e sinceramente nunca tinha tido vontade de ler outros, mas não conhecia o enredo de cidades de papel. mas ao ver sua resenha fiquei bastante interessada pelo sumiço da garota, embora não pareça algo tão grave. Gostei de saber que tem trechos divertidos e muitas aventuras. Quem sabe eu leia

    ResponderExcluir
  18. Olá
    Eu já conhecia a obra (afinal que não conhece o titio John?) Mas nunca me interessei para ler a obra, acho que não faz bem o meu estilo ode livro. Mas estou precisando ler algo que envolva realces entre a família assim como esse deve ser. Entoa talvez eu pegue o livro dainja ia para ler adorei a da resenha. Até mais vê
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi
      Infelimente esse livro não funcionou para mim. Achei a história bem sem lógica e as personagens vazias. Mas fiquei feliz que tenha gostado e se divertido com as aventuras deles.

      Beijinhos
      Rizia - Livroterapias

      Excluir
  19. Oie...
    Adorei relembrar um pouco sobre essa história... Li faz uns dois anos e curti muito a leitura :)
    A história é muito bacana e, na minha opinião, nenhum autor escreve tão bem sobre adolescentes como o Green <3 Acho todo o mistério que envolve o livro encantador e com certeza é um livro pra ser indicado pra todos.
    ACEDE também é muito bom.
    Beeijos

    ResponderExcluir
  20. Oie...
    Adorei relembrar um pouco sobre essa história... Li faz uns dois anos e curti muito a leitura :)
    A história é muito bacana e, na minha opinião, nenhum autor escreve tão bem sobre adolescentes como o Green <3 Acho todo o mistério que envolve o livro encantador e com certeza é um livro pra ser indicado pra todos.
    ACEDE também é muito bom.
    Beeijos

    ResponderExcluir
  21. Oiee ^^
    Esse livro tem umas cenas hilárias, né? Lembro de ter rido muito quando o li também, mas não é um dos meus favoritos. A escrita do Tio João Verde não me prende 100%, é legal, divertida e etc, mas não surpreendente, sabe? Ele me surpreende de vez em quando, mas nem sempre. E eu odiei o final deste livro kkkk'
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  22. Eu curti muito esse livro, até mais que ACEDE.
    A adaptação também não deixou a desejar.
    Radar é o meu favorito ♥
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  23. Oi, eu achei esse livro muito, mais muito ruim mesmo. Tanto que foi nele que peguei raiva do Green é nunca mais li nada do autor. O enredo até é bacana. Mas o final é bem frustrante.

    ResponderExcluir
  24. Olá,
    Já li esse livro e assim como você, achei bem divertida a história, porém em momento algum achei a história entediante ou arrastada. Acho linda essa capa, ainda mais bonita que a outra e amei sua resenha!
    Virando Amor

    ResponderExcluir
  25. Oii.
    Ainda não li esse livro, mas não sou muito fã da escrita do Greem por isso eu acho que passo a vez. Mas sua resenha ficou perfeita.
    Adorei o post, parabéns.
    Bjs
    http://leiturasdamary.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Eu li Quem é você Alasca? desse autor e gostei muito, já Cidades de Papel só assisti ao filme e também gostei bastante, é o estilo que agrada em cheio os adolescentes, já passei dos 40 mas confesso gostar dessas histórias, lembram muito a aventura e paixão de adolescência...rs

    Daily of Books

    ResponderExcluir
  27. Oe!
    Tenho opiniões muito controversas sobre esse livro e sobre a adaptação do mesmo para o cinema. Eu me lembro de ter gostado bastante da primeira vez que eu vi o filme, mas refletindo melhor, eu fiquei bastante em dúvida sobre alguns pontos. Mas a mensagem final é ótima, não posso negar! E a escrita do John Green é boa, muito boa.
    Beijos,
    Se Esse Mundo Fosse Meu

    ResponderExcluir
  28. Achei bacana o livro abordar o relacionamento entre pais e filhos, apesar de ser uma leitura leve e divertida traz algumas lições em seu interior e não apenas entretenimento.
    Fiquei bem curiosa com o livro após seu lançamento e ainda mais depois da divulgação do filme. Acabei adiando tanto a leitura a ponto de perder completamente o interesse. Mas depois da sua resenha me de vontade de ler. Quem sabe mês que vem não entre pra lista de leitura?

    Confissões de uma Mãe Leitora

    ResponderExcluir
  29. A minha febre literária começou quase que em paralelo com a febre John Green aqui no Brasil, portanto, acabei lendo alguns livros dele. Mas acho que o cara escreve bem e tudo mais, é simpático e tudo mais mas, no geral, é tudo meio tanto faz, sabe? Me falaram tão mal de Cidades de Papel que resolvi passar, haha. Abraços e até mais.

    ResponderExcluir
  30. Olá!!!
    Esse é um daqueles autores que não deu pra mim...do John só li A Culpa é das Estrelas e nem achei essas coisas todas por isso meio que me traumatizou pra ler os outros livros dele...mas vi o filme e até que achei legalzinho,não foi dos melhores mas da pra ver de novo :)

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2016/08/resenha-caminho-do-altar-julia-quinn.html#comment-form

    ResponderExcluir
  31. Embora tenha curtido bastante A Culpa é das Estrelas, esse livro não me conquistou do mesmo modo. Margo é uma personagem incrível, mas que final foi esse? Tudo, a viajem, o amor, teria valido a pena se o final fosse, digamos, como esperamos, sim, poderia até ser um clichê, mas tivemos esse...

    ResponderExcluir
  32. Olá! Tudo bem por aí?

    Então, eu não gosto muito das obras do John Green. Eu até me diverti com "O Teorema Katherine", mas também li "Cidades de Papel" e não gostei tanto assim. Sinceramente, não gosto muito da sua escrita e do humor dos seus personagens. Mas há uma multidão que gosta... Nada e ninguém é capaz de agradar a todos, não é mesmo? Parabéns pela resenha!

    Abraços!
    www.acampamentodaleitura.com

    ResponderExcluir
  33. Oi, tudo bem?

    Olha, eu já li esse livro e gostei bastante. Adoro o John Green e sua escrita. Mas tenho que dizer que odeio muito a Margo, achei ela muito babaca e o Quentin é um bobo por ficar correndo atrás dessa menina besta. Mas eu amei o enredo, a aventura deles na viagem e tudo mais que eles passaram nesta história. Ben é meu personagem favorito, claro, ele é muito engraçado e divertido. Mas eu amei muito esse trio, salvaram o livro.

    Parabéns pela resenha.
    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  34. Não sou tão chegada na escrita do autor apesar de ter lido a culpa é das estrelas e amar o enredo a narrativa em si foi muito cansativa, ganhei o livro cidade de papel em um sorteio a mais de um ano e ainda não conclui a leitura já tentei ler umas 4 vezes e nunca passo da página cem, não consigo me envolver com a estória nem com os protagonista.

    ResponderExcluir
  35. Olá, li cidades de papel tem um tempinho, e estava cheio e expectativas pois já tinha lido dois do titio joão verde então achei que esse ia ser maravilhoso também, mas foi no mínimo bom, e com um final terrivel, gostei muito da jornada do Q, e morri de rir dos amigos dele mas seilá, eu achei que o final ficou tão nada a ver, no filme eu achei que fez mais sentido, que o que Margo fez foi bem mais explicado, mas no livro achei que ficou sem pé nem cabeça, o que foi ruim pois o resto do livro até que é bom.

    ResponderExcluir
  36. Oi, tudo bem?
    Eu li o livro um tempo atrás e gostei muito, fico feliz em ver que ele te agradou também. Realmente tem uma história leve e divertida, adorei acompanhar a aventura dos protagonistas e ver o romance envolvido. Estou louca para ver o filme que ainda estou enrolando! hahaha Ótima resenha!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir